O que é Programação de Ensino?

Programação de Ensino é uma área de conhecimento da Psicologia em que está sistematizado conhecimento derivado de estudos sobre processos de ensino e aprendizagem. Algumas contribuições específicas desse campo são conhecidas por nomes como Sistema Personalizado de Ensino, Plano Keller, Instrução Programada, Programação de Contingências de Ensino ou Programação de Condições para o Desenvolvimento de Comportamentos (Kienen, Kubo & Botomé, 2013).

Algumas características da Programação de Ensino são a adoção de uma postura pragmatista em relação à produção de conhecimento, o uso de métodos experimentais como forma precípua de produção de conhecimento, e uma concepção dos processos de ensino e aprendizagem como processos comportamentais. Na Psicologia, está vinculada à  Análise do Comportamento, sendo alguns de seus expoentes cientistas como Fred. S. Keller, Carolina M. Bori e Sílvio Paulo Botomé.

Para saber mais sobre Programação de Ensino, recomendamos a leitura dos artigos:

  • Cortegoso, A.L.; Coser, D. (2011). Elaboração de Programas de Ensino: Material Autoinstrutivo. São Carlos: Editora da UFSCar.
  • Kienen, N., Kubo, O.M., & Botomé, S.P. (2013). Ensino programado e programação de condições para o desenvolvimento de comportamentos: alguns aspectos no desenvolvimento de um campo de atuação do psicólogo. Em: Acta Comportamentalia, 21(4), 481-494. Disponível em: http://www.revistas.unam.mx/index.php/acom/article/view/43611
  • Kubo, O.M., & Botomé, S.P. (2001). Ensino-aprendizagem: uma interação entre dois processos comportamentais. Em: Interação em Psicologia, 5(1), 133-171. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/psicologia/article/view/3321
  • Keller, F. (1999). Adeus, mestre! Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva, 1(1), 9-21. [Reproduzido de Keller, F. (1972). Adeus, Mestre! Ciência e Cultura, 24(3), 207-212]. Disponível em: http://www.usp.br/rbtcc/index.php/RBTCC/article/view/266/206
  • Todorov, J.C., Moreira, M.B., & Martone, R.C. (2009). Sistema Personalizado de Ensino, Educação à Distância e aprendizagem centrada no aluno. Psicologia: Teoria e Pesquisa, 25(3), 289-296. https://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722009000300002